Melhores práticas para você usar o seu Capital de Giro

mm
Posted on janeiro 27, 2018, 10:38 pm
FavoriteLoadingAdd to favorites 3 mins

Antes de explicar o que é e o que fazer quando o capital de giro do seu negócio está no vermelho, convido a você refletir se a causa deste resultado negativo é exclusivamente do mercado (concorrência, crise, governo, etc) ou se você, empreendedor, tem sua parcela de responsabilidade. Por exemplo, reflita se tem acompanhado as alterações e demandas do mercado para atender da forma adequada seus clientes, se tem um plano de ação para melhorar pontos de controle e gestão do seu negócio em que há oportunidade de melhorias e se tem buscado se capacitar para se desenvolver e, consequente, melhorar os resultados do seu negócio.

O capital de giro de uma empresa tem a função de financiar a continuidade das operações do negócio, seja para o estoque ou para despesas operacionais (folha de pagamento e encargos, pró-labore, aluguel, telefone, internet, etc). Pode-se dizer também que o capital de giro indica a necessidade do montante de recursos que a empresa precisa para financiar suas despesas mensais, ou seja, o valor dos recursos que o seu negócio precisa para que seus compromissos sejam pagos nos prazos de vencimento no período.

Avaliar o saldo disponível para que haja sempre capital de giro na empresa, seja para aplicação, para provisionamentos e reserva de caixa, investimentos ou gastos é uma ação imprescindível para garantir a saúde financeira do seu negócio.

Caso ocorra de ficar com saldos negativos, a primeira providência é descobrir as causas: atraso nos recebimentos, alta taxa de inadimplência, queda repentina nas vendas, estoque encalhado, etc. Este problema também ocorre se as diferenças entre os prazos de recebimentos dos clientes e pagamentos dos fornecedores, colaboradores e outras despesas forem altas, e a empresa não se planejar, ou seja, deve-se organizar o calendário de pagamentos e recebimentos de tal forma que os recebíveis ocorram nos períodos adequados para os pagamentos.

Fechar o mês no vermelho não é o fim do mundo, o importante é entender a causa e tomar ações para amenizar o saldo negativo, tais como:


Fonte: Administradores

 

mm
Analista de Negócios no Sebrae-SP na regional de São José dos Campos, graduado na área