Alimentos que aceleram a recuperação de fraturas

Alimentos que aceleram a recuperação de fraturas

Quando um paciente quebra algum osso, o ortopedista sempre imobiliza a área afetada, a fim de fazer com que o corpo produza cartilagem naturalmente e, assim, reestruture o tecido. Isso é um daqueles casos em que o tempo é o principal item que faz curar, literalmente falando. Porém, o paciente também pode contribuir, consumindo alimentos que auxiliem na recuperação de fraturas. A Dra. Barbara Virginia Fischer, da Orto Center, clínica ortopédica no Rio de Janeiro, dá algumas dicas sobre esses alimentos:

Alimentos de origem animal são recomendados para a recuperação de fraturas

A médica, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, começa sugerindo os mais conhecidos aliados dos ossos: laticínios. “Já é bastante divulgado que o leite é rico em cálcio e proteínas, substâncias que fortalecem ossos e cartilagem. Só é preciso tomar cuidado para escolher leite e derivados que tenham baixo teor de gordura, como o leite desnatado. Outro alimento interessante é o iogurte, uma vez que ele tem aminoácidos como a lisina e a glutamina, que aumentam a absorção do cálcio e, consequentemente, a massa óssea também”.

“Como eu disse, a proteína também ajuda na regeneração dos ossos”, relembra a médica: “Nas principais refeições, você consegue boas doses da substância colocando no prato alimentos como filé de frango, carnes magras e peixes”. Ela ainda dá um destaque maior a este último: “Eles são perfeitos para o processo de cicatrização, pois, além da proteína, também têm vitamina D, que ajuda na absorção do cálcio. Peixes como salmão, atum, sardinha, truta e até o parente deles, o camarão, ajudam e muito”.

Alimentos de origem vegetal

Ainda falando sobre proteínas, a Dra. Barbara aumenta ainda mais a lista: “Existem muitos alimentos presentes em nosso dia a dia que são ricos nessa substância, como o nosso popular arroz com feijão. Só eles já têm todas as proteínas vegetais existentes. Além destes, temos outros grãos que são muito bons, como o grão de bico e a soja. Sementes como avelãs, gergelim, castanhas e nozes também contribuem com o desenvolvimento dos ossos, e fornecem vitaminas A e C”.

Segundo a médica, é importante consumir verduras e frutas, pois elas também contribuem com nutrientes que ajudam na regeneração do osso. Ela destaca, por exemplo, os sucos de acerola e laranja: “A acerola é uma das frutas que mais podem fornecer vitamina C, que age como um anti-inflamatório, reduzindo a dor e também promovendo o crescimento do tecido ósseo. Já a laranja, além de também ter muita vitamina C, é rica em cálcio. Ou seja, um suco com as duas frutas é uma bomba muito potente para a recuperação do paciente”.

Por fim, a médica destaca que a alimentação é apenas uma parte da recuperação, pois o paciente também precisa seguir a prescrição médica, conforme for receitado. “Infelizmente, ainda não podemos abandonar os medicamentos de vez. Então, siga exatamente como o seu médico te receitou. Os alimentos ditos aqui vão apenas te ajudar a curar mais rápido, mas sem a medicação correta, adequada ao que você precisa, não vai haver um resultado completo”.

Pin It